Homeopatia Unicista

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Homeopatia – infantil e adulto

Dra. Solange Araújo

A Arte de Curar Homeopática foi desenvolvida por Samuel Hahnemann a partir do momento em que ele percebeu que os medicamentos indicados para o tratamento das mais diversas moléstias tinham em si a capacidade de produzir sintomas semelhantes aos que curava nas pessoas que não estavam doentes. Concluiu, com isso, que o poder curativo de cada medicamento encontra-se na possibilidade que esse medicamento tem de produzir os mesmos sintomas que se propõe a curar, firmando assim a Lei máxima da Homeopatia que é “similia similibus curantur”, ou seja, o semelhante que se cure pelo semelhante.

Há um outro princípio básico na Homeopatia que é a visão vitalista do indivíduo. Estamos vivos porque temos uma energia que mantém esta nossa vida e que se denomina energia vital. Esta energia, quando em equilíbrio, se expressa pelo estado de saúde de toda a pessoa, física e emocionalmente, mas quando em desequilíbrio manifestar-se-á no estado de doença. Sendo assim a doença é de todo o ser, e se expressa na parte.

Nunca adoecemos do rim, do coração ou estômago. Estamos doentes e nossa doença se manifesta na parte que nos for mais sensível. Por isso a cura também se dará tratando a pessoa inteira, pois se tratarmos de uma parte aquilo melhora mas ficamos com outra doença no lugar, geralmente surgindo algo mais sério após algum tempo, ao longo da vida.

A Homeopatia se destina a qualquer pessoa, criança, adulto, gestantes, idosos, nos mais diversos quadros clínicos, agudos ou crônicos, agindo de forma tal que a pessoa possa se libertar do processo de doença que a limita e reencontrar seu estado de saúde podendo assim, como dito por Hahnemann, “dispor deste organismo vivo e são para atingir os mais altos fins de sua existência”.