Os deuses que nos habitam: um encontro com a Mitologia grega

unnamed

 

Nascimento de Afrodite- relevo principal do Trono Ludovisi – Palazzo Altemps- Roma

 

 

 

Os deuses que nos habitam: Um encontro com a Mitologia Grega- com Vera L. Couto

As narrativas dos Mitos Gregos,  sob olhar da psicologia Junguiana, nos leva a compreender com mais facilidade a psique humana. Cada deus é uma metáfora de um arquétipo psíquico, ou ainda, apresenta possibilidade de ser. Suas belíssimas histórias se apresentam como uma potente forma de entrar em contato com seus próprios conteúdos psíquicos, suas próprias forças internas.

Ingressar no universo dos mitos é uma forma de conhecer as paixões humanas e de conhecer a si mesmo. Este curso é conduzido na forma de roda de conversa, relembrando assim a antiga e saborosa arte de contar  histórias. Embarque nessa viagem e sinta o frescor destas belas imagens.

Programa: 12 encontros – Não é necessário conhecimento prévio para participar dos encontros.

Vera Lucia CoutoVera L. Couto

Psicoterapeuta de orientação junguiana, coordenadora de grupo de estudos e membro do Núcleo de Mitologia da Areté- Centro de Estudos Helênicos/SP.

 

Cronograma dos encontros:

unnamed (5)1º encontro – Hermes – 18/8 – 20h

Deus mensageiro, da comunicação, das trocas e condutor das almas. Vivemos num momento onde a tecnologia da comunicação nos rouba de contatos e nos coloca em profundo questionamento das relações. O que este deus tem a nos ensinar?

a

ca. 130-140 A.D. --- Roman copy of 130-140 A.D. after a Greek bronze original of 330-320 B.C. Found in the 16th century. | Located in: Museo Pio-Clementino. --- Image by © Corbis

2º encontro – Apolo – 25/8 – 20h

Deus da música, da medicina, da poesia, da profecia.  Em seu santuário em Delfos lembrava aos humanos as seguintes máximas: Conhece-te a ti mesmo e nada em excesso. Elas ainda valem para nossos conturbados dias?

a

unnamed (7)

3º encontro – Ártemis – 1/9 – 20h

Deusa protetora dos partos, irmão de Apolo, protetora das fronteiras entre o selvagem e o civilizado, soberana das mulheres. Como este aspecto do feminino permeia nossas vidas? Qual sua importância?

a

unnamed (8)4º encontro – Afrodite – 15/9 – 20h

Deusa da beleza, do prazer, da vida. De qual tipo de beleza a deusa é guardiã e patrona? Quais equívocos a sociedade de consumo nos induz a cultuar e a nos distanciar desta deusa?

s

s

unnamed (9)5º encontro – Hefesto – 22/9 – 20h

Esposo de Afrodite, deus da forja e transformador dos metais. Grande artífice do Olimpo vivia o paradoxo de fazer coisas belas e não se encaixar nos parâmetros de beleza do Olimpo. Quais as lições que podemos aprender com este grande artífice?

a

unnamed (10)6º encontro – Atena – 29/9 – 20h

Deusa conselheira, da astúcia, da vitória e guerreira. Símbolo do conhecimento e da reflexão. Responsável pelos aspectos civilizatórios e protetora das cidades. Como estamos dialogando com estes aspectos em nós?

 unnamed (11)7º encontro – Zeus – 6/10  – 20h

Pai dos deuses e dos homens era o grande deus do Olimpo. Deus fertilizador por excelência garante a justiça divina, a ordem cósmica, protege os suplicantes e os hóspedes.  Estamos sofrendo carência de Zeus?

a

8º encontro – Hera e Ares – 13/10 – 20h

unnamed (12)unnamed (13)Hera – esposa de Zeus, protetora do casamento e das instituições. Deusa ciumenta, vingativa, costumava perseguir e tentar destruir os planos de expansão de Zeus.

Ares- filho de Hera e Zeus, deus da guerra, sanguinolento e amante de Afrodite.  Quais aspectos destas divindades são pertinentes para a compreensão dos conflitos atuais?

Hera, esposa de Zeus, protetora dos casamentos e das instituições, quando não considerada era ciumenta e vingativa. Ares, fruto da união com Zeus, era o deus da guerra, sanguinolento e amante de Afrodite. Esta díade nos lembra desses aspectos em nós. Como compreendê-los?

unnamed (14)

9º encontro- Posídon – 20/10 – 20h

Irmão de Zeus, deus do mar, das tempestades e terremotos.  É patrono de aspectos indomáveis da natureza. O que acontece quando somos invadidos pela sua força?

a

10º encontro – Deméter/ Perséfone/ Hades – 27/10 – 20h

unnamed (15)unnamed (16)Deméter e Perséfone – mãe e filha eram consideradas as deusas mais próximas dos humanos. Representam a terra cultivada, o grão que germina e alimenta. Perséfone é raptada por Hades e neste mito poderemos refletir sobre o ciclo morte/renascimento. Que apectos em nós precisam passar por esta transformação?

a

unnamed (17)11º Dioniso – 3/11 – 20h

Deus da vinha, do teatro, do êxtase, do entusiasmo. É um deus epidêmico. Deus estrangeiro é sempre um rosto a ser descoberto. É o outro em nós. Como acolher e reconhecer sua força? Quais os riscos e possibilidades de conhecimento de si mesmo, ao acolhermos esta força divina?

 

unnamed (4)

12º encontro – Héstia – 10/11 – 20h

Deusa da lareira, do fogo sagrado, da intimidade do lar, do aconchego. Estamos honrando esta deusa em nossos lares, ou esta chama está ameaça? Neste encontro poderemos conhecer seus atributos e sua importância na antiguidade e nos dias de hoje.